Carrinha Abalroada Por Javali Na A24

No dia 12 de Fevereiro por volta das 20 horas, na A24 – Scut, na direcção Vila Real – Lamego, na zona de Constantim um javali abalroou uma carrinha citroen C4, Picasso do lado do condutor.

Após a colisão ficou sem travões e graças à perícia e sangue frio do automobilista, este consegui mobiliza-la mais à frente acabando por cair na valeta.

No seu interior, para além do condutor, seguia também um menor. Deste acidente resultaram graves danos materiais ainda por calcular, um grande susto e a morte imediata do javali macho adulto, que aparentemente pesaria cerca de 200kg .

A GNR foi chamada ao local e tomaram conta da ocorrência. Para além desta, a concessionária Operscut também esteve presente e fizeram o levantamento do corpo do animal. Junto com a reclamação à Operscut de Lamego seguiu informação de carater urgente por se tratar de uma viatura adaptada para pessoa com incapacidade limitada de locomoção, daí a urgência da resolução, no entanto esta respondeu de forma negativa, desresponsabilizando-se pelos danos patrimoniais e morais ás vitimas, sem invocar qualquer argumento.

Questionada a concessionaria  via telefone da possibilidade de dar a conhecer este caso  na comunicação social e em resposta não se mostraram importunados com o assunto, reforçando a velha ideia de forma pouco ortodoxa de que, em democracia existe o direito à liberdade de expressão. Sabe-se que os proprietários do veículo já accionaram a via judicial e outros para resolver esta questão. Lamentavelmente mais uma vez verifica-se que o sistema não funciona de forma célere, quanto tempo irá demorar?

Se os utentes pagam as scuts para circularem em segurança, porque é que a Operscut não lhes garante essa segurança?

Se não é da responsabilidade Operscut – Lamego então de quem será?

Será que se deve pedir responsabilidade á família do javali?

 

| Fotos e Texto |

Dina carma 

(Visitado 1695 vezes, visto hoje 1)

Vídeos Relacionaos